quarta-feira , 3 setembro 2014
RC News
Campeonato Paranaense 2014 – saiba mais sobre as equipes participantes

Campeonato Paranaense 2014 – saiba mais sobre as equipes participantes

O Campeonato Paranaense de futebol da primeira divisão chega à 100ª edição no ano de 2014. Com calendário reduzido por conta da realização da Copa do Mundo no Brasil, a competição tem início no dia 19 de janeiro e as finais acontecem no dias 6 e 13 de abril.

O regulamento do torneio também passou por modificações e as 12 equipes participantes vão se enfrentar em turno único em 11 rodadas. Depois as oito melhores equipes se classificam para a segunda fase da competição que será em mata-mata com jogos de ida e volta. Já os quatro clubes que não se classificarem se enfrentam no chamado Torneio da Morte em que dois clubes estarão rebaixados a segunda divisão de 2015.

Arapongas, Atlético-PR, Cianorte, Coritiba, JMalucelli, Londrina, Maringá – campeão da Segundona 2013, Operário, Paraná Clube, Prudentópolis – vice-campeão da Segunda Divisão 2013, Rio Branco e Toledo são os clubes participantes da edição de número 100 do Estadual. Confira um pouco sobre cada um dos clubes participantes e um esboço das prováveis escalações para o início da competição.

ArapongasARAPONGAS ESPORTE CLUBE

Cidade: Arapongas
Data de fundação: 06 de junho de 1974
Estádio: Municipal José Chiappin (Estádio dos Pássaros) com 11 mil lugares
Região: Norte
Técnico: Lio Evaristo

Provável escalação:
 Edson; Lucas Silva, Murilo, Leomar e Maninho; Augusto, Rafael Mineiro, Bruno Martins e Maicon Souza; Guma e Ruy.

Repórter:
 Anderson Gatti

Campeão Paranaense do Interior em 2012, em 2013 o Arapongão não conseguiu repetir o feito.  Com duas trocas de treinadores no Estadual e uma campanha irregular e cheia de empates, o Alviverde terminou na sétima colocação, sem atingir as metas estipuladas pela diretoria: alcançar a vaga na Série D e Copa do Brasil em 2014.

Porém, com a boa campanha no ano anterior, o time se classificou para a Copa do Brasil em 2013, e mostrou sua força. Eliminou o São Caetano na primeira fase, e duelou com o Figueirense na segunda etapa da competição. Após um empate sem gols em casa, a equipe, então comandada por Lio Evaristo, deixou a classificação escapar após ter a vaga nas mãos quando empatava em 1 a 1 no Estádio Orlando Scarpelli. Nos minutos finais a equipe sofreu dois gols e viu a chance de enfrentar o Botafogo ir embora.

Nesta temporada, comissão técnica e diretoria apostaram em novos nomes e montaram time jovem, mas com a permanência de jogadores importantes da campanha passada, como o goleiro Edson, o volante Jean e o zagueiro Vitor Gava.

Escudo Atletico ParanaenseATLÉTICO PARANAENSE

Cidade: Curitiba
Data de fundação: 26 de março de 1924
Estádio: Arena da Baixada (em obras). Mandará jogos no Ecoestádio Janguito Malucelli.
Região: Leste
Técnico: Dejan Petkovic

Provável escalação: Rodolfo; Jean Felipe, Erwin, Léo Pereira e Natanael; Juninho, Maycon Canário, Gustavo e Marcos Guilherme; Mosquito e Douglas Coutinho.

Repórter: Rodrigo Dornelles

O Atlético Paranaense irá adotar o mesmo procedimento da temporada 2013 e disputar o Estadual com uma equipe Sub-23, deixando o elenco principal em pré-temporada. Sem vencer o Paranaense desde 2009, o Furacão foi vice do rival Coritiba nos últimos quatro anos e tenta quebrar esse tabu para evitar uma sequência histórica do Coxa. Na temporada passada, a equipe iniciou com maus resultados no primeiro turno, mas se recuperou e venceu o returno da competição, assegurando um lugar na final. O Sub-23 até conseguiu um empate contra o Coritiba no primeiro jogo da decisão, mas foi superado no Couto Pereira e acabou com o vice-campeonato.

Sem permitir a entrada da imprensa no CT e divulgando poucas informações à respeito no site oficial, o elenco Sub-23 para 2014 ainda é um mistério. Alguns dos atletas que estiveram no grupo do ano passado estarão novamente, destaque para o zagueiro Léo Pereira, o meia Marcos Guilherme, sensação das categorias de base do Atlético e o atacante Douglas Coutinho, artilheiro do time no último Estadual com 11 gols marcados.

Cianorte novo escudoCIANORTE FUTEBOL CLUBE

Cidade: Cianorte
Data de fundação: 13 de fevereiro de 2002
Estádio: Municipal Albino Turbay com 2.500 mil lugares
Região: Noroeste
Técnico: Ronaldo Bagé

Provável escalação: Jaílson; Lima, Negreti, Maurício e Ganzer; Daví, Jovane, Edu Amparo e Thiago Santos; Marquinhos e Elton.

Repórter: Luciano Junior

O Cianorte foi a grande surpresa da temporada passada, mas de forma negativa. O clube que foi campeão do interior em 2011, vice em 2012 e quase conquistou o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro, se arrastou em campo e teve como único objetivo brigar pela permanência na elite do futebol estadual. Para salvar o time do rebaixamento, a diretoria contou com a experiência do técnico Ronaldo Bagé, velho conhecido da torcida e que foi campeão do interior em 2011 contra o Operário.

Mas tudo isso é passado e o Cianorte passou por uma grande mudança. Após 11 anos no comando Marcos Franzato passou o cargo para seu filho Lucas, que assumiu com sangue no olho e no primeiro dia de trabalho já começou a colocar em prática a nova filosofia de trabalho.

A imagem do clube também sofreu alteração, o Cianorte tem agora um novo escudo, mais limpo e de fácil identificação seguindo padrões europeus. Uma das diretrizes da nova diretoria é o resgate da torcida que por causa dos resultados negativos acabou abandonando o clube. Além disto, Lucas Franzato quer despertar desde cedo o interesse dos mais jovens pelo clube da cidade, ações como visitas nas escolas para aproximar as crianças dos jogadores já fazem parte da rotina do clube.

Escudo CoritibaCORITIBA FOOT BALL CLUB 

Cidade: Curitiba
Data de fundação: 12 de outubro de 1909
Estádio: Major Antônio Couto Pereira com 37.182 mil lugares
Região: Leste
Técnico: Dado Cavalcanti

Provável escalação: Tadeu; Yago, Igor Leandro, Igor Célio e Paulo Otávio; Ícaro, Denner, Thiago Primão e Luizinho; Bartola e Rafhael Lucas.

Repórter: Edno Junior

Em 2013, o clube do Alto da Glória chegou com tudo, conquistando o tetra paranaense e obtendo a liderança do Brasileirão até a parada para a Copa das Confederações. Após o inicio arrasador, o time alviverde caiu de rendimento e por muito pouco não amargou mais uma queda para a Série B do Brasileiro. Para os mais experientes, a culpa deste baixo rendimento foi o número excessivo de jogos.

Para que as coisas sejam diferentes em 2014, a diretoria do Coritiba resolveu estender o tempo de preparação da equipe principal do clube. Assim, a equipe B do Verdão, comandada por Zé Carlos, vai iniciar o Campeonato Paranaense, em busca do penta campeonato. Além dos garotos que estão entrando agora no cenário nacional, nomes conhecidos como de Keirrison, Marcos Paulo e outros, vão compor o grupo coxa.

Quarto colocado no Paranaense de 2013.

JMALUCELLI

Cidade: Curitiba
Data de fundação: 21 de setembro de 1998
Estádio: Janguito Malucelli (Ecoestádio) com 5 mil lugares
Região: Leste
Técnico: Sandro Forner

Provável escalação: Edvaldo; Diego Dedoné, Leandro, Alex Fraga e Tomas; Jau, Cleitão, Thiago Santos e Getterson; Eduardinho e Bruno Batata.

Repórter: Alan Falkoski

Em 1998, com a união de duas famílias tradicionais de Curitiba, Malucelli e Trombini, nasceu o primeiro clube empresa do Brasil, o Malutrom S.A. No ano seguinte, o Malutrom conquistou o acesso para a primeira divisão do Campeonato Paranaense. Em 2000, foi o grande ano da equipe quando conquistou o título do módulo verde e branco da Copa João Havelange, considerada a terceira divisão do Campeonato Brasileiro. Em 2005 passou a se chamar JMalucelli e quatro anos mais tarde virou Corinthians Paranaense, fruto de uma parceria entre o clube do Paraná e o Corinthians Paulista para atrair mais torcedores.

Em 2013, o clube volta as origens com o nome de JMalucelli e com uma boa campanha no Estadual conquistou vaga na Série D em 2013 e na Copa do Brasil neste ano. A equipe está apostando em jogadores vindos da base do clube e também de profissionais que já tem certa experiência, mantendo várias peças que defenderam a equipe na Série D.

Escudo LondrinaLONDRINA ESPORTE CLUBE

Cidade: Londrina
Data de fundação: 05 de abril de 1956
Estádio: Municipal Jacy Scaff (Estádio do Café) com 36 mil lugares
Região: Norte
Técnico: Cláudio Tencati

Provável escalação: Vitor; Maicon Silva, Gilvan, Rogério e Paulinho; Sílvio, Diogo Roque, Anderson e Rone Dias; Neílson e Claudir.

Repórter: Pedro Marconi

O Londrina Esporte Clube foi fundado em 1956 por um grupo de amigos que tinham a intenção de criar um clube capaz de brigar com os grandes. Atualmente, o Tubarão vem se acostumando a entrar no Paranaense como a quarta força do Estado, e o time do interior capaz de chegar ao título, sendo que o último ganho foi em 1992.

Ficando no quase em 2013, tendo a melhor campanha da competição, levantando a taça de campeão do interior, e tendo disputado o Campeonato Brasileiro da Série D, o LEC terá como base o time do ano passado para brigar novamente pela conquista Campeonato Paranaense. Com a boa campanha no Estadual, o Tuba também conquistou vaga na Copa do Brasil 2014. Dentre os reforços que chegaram à equipe, destacam-se o lateral esquerdo Paulinho (ex-Barueri) e o novo camisa 1, Vitor (ex-Arapongas), além do 12º jogador do Tubarão, a torcida, que no ano passado foi um show à parte na competição.
-
Maringá FCMARINGÁ FUTEBOL CLUBE

Cidade: Maringá
Data de fundação: 2010
Estádio: 
Regional Willie Davids com 23 mil lugares
Região: 
Norte
Técnico: Claudemir Sturion

Provável escalação: Ney; Reginaldo, Fabiano, Marcelo Xavier e Fernandinho; Zé Leandro, Serginho Paulista, Léo Maringá e Max; Gabriel Barcos e Felipe.

Repórter: Emanoel Diego

Fundado em 2000, o Maringá Futebol Clube, antigo Grêmio Metropolitano ou Metropolitano Maringá (Sociedade Esportiva Alvorada Club) traz um novo ar para o futebol da Cidade Canção. Depois de uma década de incertezas, altos e baixos no futebol maringaense, o Maringá FC fez uma campanha sólida na conquista da Divisão de Acesso 2013, sendo campeão sem contestação, tendo sido derrotado apenas uma vez durante todo o torneio, a melhor equipe da Segundona, tem como trunfo para a estreia na elite, a manutenção de boa parte do elenco que conquistou o acesso.

Este ano a equipe renovou com o técnico Claudemir Sturion, veterano nas conquistas da Segundona do Campeonato Paranaense com as equipes do Nacional de Rolândia, Operário de Ponta Grossa e também campeão da Copa 100 Anos da Federação Paranaense, com o Roma de Apucarana.

OperarioOperarioOperarioOperárioOPERÁRIO FERROVIÁRIO ESPORTE CLUBE

Cidade: Ponta Grossa
Data de fundação: 01 de maio de 1912
Estádio: Germano Krüger com 8 mil lugares
Região: Centro
Técnico: Gilberto Pereira

Provável escalação: Vinícius; Correia, Renê, Italo e Marquinhos; Sidnei, Dime; Maicon e Andrezinho; Abuda e Ícaro.

Repórter: Emmanuel Fornazari

Com mais de 100 anos de existência, o Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC) busca em 2014 a estabilidade que não conseguiu encontrar em Paranaenses anteriores. Depois de seguidas terceirizações do departamento de futebol – a mais recente com a LA Sports – o Fantasma entra no certame deste ano caminhando com as próprias pernas em busca de um propósito antigo: a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.

Tido como a principal contratação do Operário para 2014, o técnico Gilberto Pereira chega com a missão de organizar um elenco que não conta com jogadores de renome. Os mais conhecidos da torcida são o zagueiro Basso, o volante Sidnei, o lateral Correia e o atacante Ícaro, que já atuaram pelo alvinegro em outros tempos. No entanto, com os pés no chão e prudência financeira, a diretoria promete dar ao técnico as condições necessárias para exercer um trabalho qualificado. Pereira tem experiência suficiente para lapidar o grupo para uma boa participação no Paranaense. Além disso, se puxarmos pela memória, quando teve equipes mais modestas, como em 2010 e 2011, o Operário atingiu o objetivo de ter um calendário anual. São os bons ventos voltando? O Estadual está aí para responder.

ParanáPARANÁ CLUBE

Cidade: Curitiba
Data de fundação: 19 de dezembro de 1989
Região: Leste
Estádio: Durival Britto e Silva com 17 mil lugares
Técnico: Milton Mendes

Provável escalação: Marcos; Roniery, Brinner, Alex Alves e Henrique; Edson Sitta, Ricardo Conceição, Júlio César e Lúcio Flávio; Luisinho e Danillo Galvão.

Repórter: William Ramos

O Paraná Clube foi fundado em 19 de dezembro de 1989, da união entre Colorado Esporte Clube e Esporte Clube Pinheiros, e chega para disputar o seu 24º Campeonato Paranaense. O Tricolor já conquistou sete vezes a competição e não esteve na elite do futebol estadual somente em 2012, pois teve que disputar a Divisão de Acesso após ser rebaixado no ano anterior.

Para este ano, o clube tem novo treinador. O pouco conhecido Milton Mendes terá em seu elenco os destaques do último ano, como o meia Lúcio Flávio, que renovou contrato por mais uma temporada. Além dele, outros jogadores já foram contratados, casos do lateral-direito Gerônimo, vindo do Remo do Pará, e também do atacante Danillo Galvão, um dos destaques da Série C do Brasileiro atuando pelo Águia de Marabá. Os dois devem brigar pela titularidade durante o Paranaense. O objetivo do Tricolor é voltar a conquistar o título estadual, fato que não acontece desde 2006 quando venceu a já extinta ADAP de Campo Mourão.

brasão-695x1024 PrudentópolisPRUDENTÓPOLIS FUTEBOL CLUBE

Cidade: Prudentópolis
Data de fundação: 1º de setembro de 2007
Estádio: Estádio Municipal Newton Agibert com 3 mil lugares
Região: Sudeste
Técnico: Joel Preisner e Ivair Cenci

Provável escalação: Marcos Paulo; Spice, Marcio e Sorbara; Danilo Alvim e Thiaguinho; Bruno Guerreiro, Casimiro e Edson Grilo; Thiago Henrique e Luciano.

Repórter: Diogo Cruz

Fundado em 1º de setembro de 2007, o Prudentópolis Futebol Clube é o antigo Serrano Centro-Sul Esporte Clube. Após longas conversas, em 2013, os diretores chegaram à conclusão que seria mais interessante que o clube levasse o nome da cidade a fim de criar uma identidade com a população.

O clube foi campeão da Terceira Divisão em 2008 e da Divisão de Acesso em 2009. Em 2013 a equipe conquistou uma das vagas após ficar com o vice-campeonato da Divisão de Acesso em belíssima campanha, principalmente na segunda fase, no qual obteve 17 pontos, com 56,6% de aproveitamento, ficando atrás apenas do campeão Metropolitano de Maringá, atual Maringá FC.

Para a temporada 2014 o Prudentópolis irá manter a mesma base da equipe que conquistou o acesso, como o volante Danilo Alvim, o meia Irineu e o atacante Wellinghton. Além disso, o Tigre irá com a novidade de ser comandado por dois técnicos: Joel Preisner e Ivair Cenci, no qual ambos trabalharam em conjunto, no retorno do Prudentópolis à elite do futebol paranaense.

Escudo - Rio BrancoRIO BRANCO SPORT CLUB

Cidade: Paranaguá
Data de fundação: 13 de outubro de 1913
Estádio: Nelson Medrado Dias (Estradinha) com 8.500 lugares. Estádio Fernando Charbub Farah (Gigante do Itiberê) com 12 mil lugares.
Região: Litoral
Técnico: Walter Aal Neto (Netinho)

Provável escalação: Thiago Rodrigues; Lisa, Cris, Anderson Rosa e Fábio Alves; Duda, Williames, Rafael Chorão e Bismarck; Paulinho Brasilia e Jhonathan Fumaça.

 Repórter: Diogo Monteiro

O Rio Branco Sport Club, também chamado de Leão da Estradinha completou 100 anos em 2013. Foi fundado por um grupo de amigos que conversavam sobre futebol em Paranaguá. A primeira partida do time aconteceu em 23 de novembro, quando enfrentou o Brasil FC, também de Paranaguá. O Estádio da Estradinha recebeu o primeiro jogo em 1927, quando o Leão enfrentou o Atlético Paranaense. Desde então com o passar dos anos, o Rio Branco teve altos e baixos. Chegou por duas vezes as semifinais do Campeonato Paranaense, em 2000 e 2006, dando direito de disputar a Copa do Brasil em 2007.

Em 2013 o ano foi mais uma vez de briga contra o rebaixamento. No Estadual passado o clube chegou com grandes chances de cair para a Divisão de Acesso, mas acabou batendo o Paranavaí em casa por 3 a 0, jogo no qual o adversário foi rebaixado. Para esse ano de 2014 uma parceria pode dar novos sonhos a torcida do Litoral, a empresa Amaral Sports trouxe a cidade jogadores de expressão, como Bismarck e Anderson Rosa campeões da Copa do Nordeste pela Campinense; o lateral Lisa conhecido no Estado e Rafael Chorão que chega após a temporada no Brasileirão pela Portuguesa.

Toledo CWTOLEDO COLÔNIA WORK

Cidade: Toledo
Data de fundação: 10 de fevereiro de 2004
Estádio: Estádio Municipal 14 de Dezembro com 15 mil lugares
Região: Oeste
Técnico: Paulo Foiani

Provável escalação: Giovani; Lucas Lima, Duda, Henrique e George; André Luiz, Diego Luiz, Vinicius e Marcel; Zé Anderson e Cairo.

Repórter: Santos Águia

O Toledo Colônia Work é uma equipe do Oeste do Paraná, resultado de um projeto entre duas grandes empresas do município. O time é conhecido como Porco, por conta de sua mascote. Em oito anos de história, o TCW conquistou o título da Divisão de Acesso em 2007, e o Campeonato Paranaense do Interior em 2008, além de dois vices campeonatos da Segunda Divisão do Paraná – 2005 e 2011. Nos dois últimos anos, a equipe passou por campanhas razoáveis tendo ficado em 7º lugar em 2012, em 8º em 2013.

Para 2014, o presidente do Porco, Irno Picinini, trouxe Paulo Foiani como técnico que foi campeão da Segunda Divisão Catarinense em 2013 com o Marcílio Dias. Foiani também foi auxiliar de Lio Evaristo e de Paulo Turra no Operário Ferroviário. O elenco profissional do TCW para esta temporada teve ampla renovação e somente três atletas considerados pratas da casa permanecem, são eles o meia Ferraz, o zagueiro Henrique e o lateral Marquinhos. “As dificuldades vão ser grandes, mas temos que nos preparar para encarar de frente. Ela se torna um pouco mais fácil para quem se prepara. Temos pouco tempo para trabalhar, mas nosso pensamento de fazer uma boa competição, que se inicia aqui na pré-temporada. Os nossos atletas estão empolgados e isso  já é meio caminhado andado”, afirma o técnico Foiani.

Para a cobertura do Paranaense 2014 o Redação em Campo conta também com os trabalhos  da equipe de apoio com os repórteres Aryane Monteiro, André Bida, Gustavo Andrade, Guilherme Barchik, João Gabriel Silva, Julian Lima, Vinícius Garcia, Willian Gomes, William Bittar.
Supervisão: Regina Ferreira
Direção: Fabia Ioscote

Acompanhe as partidas do Paranaense 2014 em tempo real através de nosso perfil no Twitter.

Editado às 14:27 de sexta (17)

Preserve o jornalismo e cite a fonte ao copiar. Se diploma não vale nada, a ética deve servir. Pelo bem do jornalismo. Equipe Redação em Campo.

Sobre Redação

Redação
O Redação em Campo é um site voltado aos assuntos do futebol paranaense e catarinense. É produzido por jornalistas, estudantes de jornalismo e profissionais da área de comunicação. Porque o Futebol é a nossa paixão!
ÚLTIMAS NOS BLOGS
Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.